quinta-feira, 30 de março de 2017

Gothic & Lolita Bible: desapontada mas não surpresa


Ontem recebemos a notícia triste do "falecimento" da revista Gothic & Lolita Bible. Para quem não sabe, ela é uma das principais revistas para lolita, estando na ativa desde 2001. Obrigada à Amy por me avisar primeiro!

Uma publicação compartilhada por Harajuku Japan (@tokyofashion) em

Realmente falecimento porque ontem no Facebook me senti como num enterro: um monte de gente lamentando a morte do mook.
Eu, sendo dona de ao menos 16 volumes da publicação, estou desapontada mas de maneira alguma surpresa. E vou explicar o porquê.

Minhas Bibles
As publicações em papel vem sumindo, e isso não se resume à Japão/Moda alternativa de rua. Isso é algo que está acontecendo no mundo todo. Com a rápida circulação dos fluxos, especialmente de maneira abstrata no meio técnico científico informacional, como as informações pela internet, não é de se estranhar que as publicações em papel estejam quase que com os dias contados.

Quando comecei em lolita não possuía o acesso que eu tenho à internet hoje. Usava lan houses e internet bem precária. Logo ter as revistas era uma forma de me interar com o universo lolita, me inspirar em coordinates e pelo simples prazer consumista de abrir uma revista e dizer: há pessoas que se vestem como eu, e passar horas devaneando com os mooks na mão. Hoje em dia dificilmente abro as revistas - posso encontrar conteúdo semelhante apenas ao abrir o Facebook, e sem meses de atraso.

Para quem nunca abriu uma bible, ela contém:

  • Adesivos;
  • Lançamentos de Novas Coleções das marcas;
  • Entrevistas;
  • Dicas de Lifestyle;
  • Tutoriais;
  • Moldes;
  • Street Snaps, etc.
Tudo em JAPONÊS. Ou seja, o idioma é uma barreira enorme. Quem não sabe japonês, tipo eu, e compra uma dessa, é só para olhar foto mesmo. Já houve uma tentativa de fazer as Bibles em Inglês, mas poucos volumes depois elas pararam de ser vendidas. 

Agora pensa comigo: Se a maior parte das vendas das lojas lolita ultimamente tem sido para as estrangeiras (inclua nessa parcela as chinesas, que btw tem sua própria revista), se as bibles estão em Japonês o idioma É UMA BARREIRA. Além disso, as informações chegam para nós com meses de atraso, especialmente os street snaps, já que é uma publicação feita 4 vezes ao ano.

Especialmente no caso brasileiro, acredito que uma das barreiras enormes, além do idioma, é o preço. Dificilmente vamos pagar cento e lá vai cacetada em uma revista sendo que podemos comprar coisas para nosso outfit lolita com esse dinheiro.

Tudo isso que tem nas bibles, tirando os adesivos lindos que vou levar comigo para o caixão, são facilmente encontrados pela internet. Oras, no Omnia Vanitas em Barcelona que aconteceu algumas semanas atrás, lá estava eu vendo tudo ao vivo pelo Facebook! Imagina se eu tivesse que esperar uma bible ser lançada para eu saber disso, com aquelas fotos minúsculas? Por Mana-sama né!

Aliás, Mana Sama foi cortado das Bibles em Janeiro do ano passado! No Monologue Garden, onde a Sarah faz as traduções dos posts do Mana (Clique Aqui), ela falou em Janeiro do ano passado sobre isso, e sobre a mudança da empresa de publicação, passando da Jacke-Media para a MALL OF TV Corporation, e ainda se indaga se as decisões sobre o conteúdo das bibles mudam de empresa para empresa. A pergunta que fica: cortado aleatoriamente ou porque a revista ia mal?


Há motivo para desespero?

Não. Como já falei no post da FRUiTS as revistas em papel estão deixando de existir por inúmeros fatores (aproveita e CLICA AQUI para ler sobre a FRUiTS). A moda lolita não está morrendo, apenas está tendo uma mudança de mercado. Ora, se estivesse morrendo, por favor me explique o Omnia Vanitas em Barcelona, Misako no México, sales que se esgotam em questão de horas... posso passar a tarde toda citando. Já foi falado na mudança de comportamento das japonesas NESSE POST, e sinceramente estou cansada de bater na mesma tecla sempre.

Eu acho curioso como qualquer coisa que acontece as pessoas já levantam a bandeirinha do "LOLITA ESTÁ MORRENDO", enquanto a gente aqui está tendo meeting todo mês, as européias estão tendo meeting todo mês, e vira e mexe chega final de semana e você vê as chinesas postando fotos delas em cafés no facebook. "MAS AS JAPONESAS (insira alguma frase de sumiram, desapareceram, tô em crise, aaaaah)". Triste isso! Vejo que as pessoas andam se importando mais em indagar se as desconhecidas japonesas colocadas num pedestal andam usando lolita do que com a coleguinha da mesma comunidade que está passando por uma situação difícil, anuncia que vai sair de lolita e já vão logo comentar se ela vai vender print X.

LOLITA NÃO SE RESUME A JAPÃO! Sem dúvida é importante pensar em lolita no Japão, mas não somente focar a atenção lá e esquecer que lolita é um fenômeno em escala mundial. 

MAS E OS CONTEÚDOS, TIA AIKO???

Prazer, esses são o Facebook e o Instagram, e esse outro aqui é a ferramenta de pesquisa do google! Com poucos cliques você consegue seguir as principais modelos lolita, ver as fotos delas, seguir as páginas como a Tokyo Fashion, que tem sempre notícias quentinhas, seguir meninas que usam lolita de outros países. Quer novidades de brands? Lolita Updates no Facebook. Quer fotos de outfits? Closet of Frills no Facebook. Dicas de costura? Lolita Sewing Collective do Facebook. Não é a toa que alguns fóruns lolita (inclusive o nosso) acabaram em desuso por causa da tamanha potencialidade do Facebook e outras redes sociais.

Então você não liga pro fim das Bibles, Tia Aiko? *insira voz chorosa*

Ligo sim, e bastante. Só acho que a gente deve saber lidar com isso da melhor maneira possível. O alvo das bibles não era a gente aqui de fora. Se fosse, seriam lançadas em inglês. Em compensação temos vários blogs em linguagens mais acessíveis para as brasileiras (português, inglês e espanhol) que poderiam ser valorizados. Talvez até pensar em lançar uma revista virtual brasileira, movimento que aconteceu há alguns anos mas nem sei se foi pra frente. O fato é que os tempos vem mudando. O meio técnico científico informacional não é piedoso. As mudanças na sociedade estão acontecendo mais rápido do que nunca devido à isso. Se essa mudança vai impactar lolita, seja de forma negativa ou de forma positiva (por exemplo, com o surgimento de mini publicações regionais), isso só o tempo dirá.

6 comentários:

  1. Tenho que admitir que essa noticia me deixou BEM triste, e um pouco arrependida de nunca ter me esforçado para adquirir ao menos uma edição da revista, mas infelizmente compartilho da mesma sensação de não ficar surpresa. Até porque não são apenas as revistas japonesas que estão 'morrendo', acredito que isso seja uma tendencia mundial com o número crescente de usuários da internet. É mais econômico e cômodo investir em publicações online do que em material físico. E novamente isso é algo que me entristeci, já que eu acredito que não existe sensação melhor do que poder tocar numa revista/livro, abri-lo e poder se deliciar folheando-o.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Ah, não fique triste, se quiser adquirir uma bible, corre lá na sales que tem uma por 20 reais! Só não compro ela porque esse número eu já tenho :)

      Excluir
  2. (Oe oe, leitora fantasma que finalmente criou coragem para sair das sombras aqui)

    Gosto muito dos seus posts sobre o que tá acontecendo lá fora (Como o do fechamento das lojas da Baby e da revista FRUiTS, por exemplo), é uma boa fonte para quem quer saber sobre o mundo J-Fashion além-Brasil e não sabe onde procurar xD (Não sou lolita, mas amo acompanhar blogs sobre o estilo <3).

    Admito que a notícia me pegou de surpresa, afinal, desde as minhas primeiras pesquisas sobre lolita eu ouvia falar na revista e sempre me pareceu algo meio... eterno, sabe? Aquele tipo de coisa tradicional que sempre esteve e sempre estaria ali, mas como você disse, as coisas mudam no mundo todo e não é porque é uma publicação voltada a um nicho que poderia escapar disso.

    Mas eu realmente gostei da forma como você expôs a sua visão! Mostrando que apesar das mudanças no Japão, o cenário mundial está crescendo bastante e criando suas próprias maneiras de se manter; sem profecias apocalípticas do fim do estilo ou coisas semelhantes. Eu gosto disso, é muito adulto <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aeee ♥♥♥ É uma alegria ter você aqui ♥!
      É bem triste que a Bible esteja se encerrando... Desde que entrei em lolita essa revista tinha pra mim uma aura mágica sabe? Quando consegui meus primeiros exemplares foi uma coisa indescritível! Então é bem lamentável que se encerre.
      Fico feliz que tenha gostado do post! Eu estou vendo muitas pessoas com essas "profecias" de que lolita vai acabar, lembra aquele pessoal que fala que o mundo vai acabar em data x e chega na data x não acaba nada hahahaha. Aqui no br essa tendência está muito forte, em compensação muitas gringas estão falando justamente o contrário, que não tem nada disso de lolita estar morrendo haha ♥

      Excluir
  3. Nossa, eu fiquei sabendo e fiquei super desapontada. Mesmo que existam outras fontes, bible é bible. Lamentável!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem complicado... Agora as bibles vão se tornar uma fonte bem rica para futuros estudos sobre lolita. Contudo as informações espalhadas pela internet não são a mesma coisa, apesar de quebrarem um galho.

      Excluir

Seja bem vindo (a)!
É muito gratificante ter sua opinião registrada aqui!
Deixe o link de suas redes sociais para que eu possa retribuir seu comentário. Todos os comentários são devolvidos.