terça-feira, 4 de outubro de 2016

☆ ☽ Tema do mês: Halloween - AF&L Blog Network ☾ ☆

Se alguém souber quem é, me avise para colocar os créditos
O que conhecemos por Halloween hoje, comemoração muito difundida pelo mundo afora, é a comemoração do Sabá de Samhain (Fala-se sau-en, da roda do ano do Hemisfério Norte - no sul seria entre 30 de abril e 1º de Maio). A palavra Samhain significa "fim do verão", e isso é explicado pelos celtas terem uma antiga divisão dual do ano, onde o verão ia de Beltain até Samhain e o inverno de Samhain à Beltain. O Samhain é uma comemoração do fim da colheita e início do inverno, época  muito importante para os celtas, uma vez que a chegada do inverno provocava uma mudança bem grande em sua rotina cotidiana. Além disso, o Samhain para eles era o ano novo, e o momento mais mágico do ano: o momento em que o véu entre os mundos era o mais tênue possível, podendo aí os vivos se comunicarem com os mortos. 

Os celtas acreditavam muitas vezes que os mortos moravam com o Povo das Fadas, e estas enganavam os seres humanos nesta noite, para que ficassem perdidos entre elas, estas sendo portanto consideradas hostis e perigosas. Juntando isso ao fato de terem humanos na rua nesta noite, e por não ser um ano nem outro, o caos em tese reinaria, e as pessoas se envolveriam em piadas e brincadeiras. Essa data marcava o início de uma nova fase na vida - quando o velho Deus morre, mergulhando o mundo na escuridão, para renascer no solstício de inverno (21 de dezembro - o Yule, que foi aderido depois pelos cristãos como sendo o aniversário de Cristo). Assim, o Samhain também é tempo de lembrar e honorar os ancestrais, mandando mensagens de amor e harmonia. 

Essa data é comemorada até hoje por religiões neopagãs, como é o caso da Wicca.



Mas o que isso tem a ver com os EUA, cheio de protestantes, comemorando?

Com a vinda para a América de descendentes dos celtas, foram trazidas também suas práticas folclóricas, e estas acabaram sendo incorporados à cultura dos cristãos, como muitos rituais de religiões pagãs.

A tradição de deixar comida ou bebida, para as almas que vagam pelos dois mundos nessa noite  é muito presente no dia das Bruxas ocidental, com crianças fantasiadas batendo de porta em porta pedindo doces, representando os sidhs.  Já as famosas lanternas eram esculpidas em nabos e carregadas pelos celtas de festa em festa para fazer com que os espíritos perdidos não interferissem - hoje presentes nas festas como abóboras entalhadas e muitas vezes iluminadas.

Halloween é coisa "do demônio"?

NÃO! Mesmo porque quem tem esses conceitos de céu e inferno são as religiões cristãs - os celtas não creem na existência de um demônio. 

No próximo post, falarei mais sobre outfits lolita para comemorar o Halloween!


Para quem quiser ler mais, sugiro esses links e livros que consultei para a pesquisa:

CANTRELL, Gary. Wicca - Crenças e Práticas. Tradução de Ana Glaucia Ceciliato. Ed. Madras. São Paulo : 2002. p. 94-95.


2 comentários:

  1. OIEEE, Como sempre um ótimo post.
    Gostei especialmente da parte: "Halloween é coisa do diabo? NÃÃÃO"
    É muito bom ver pessoas com cultura repassando isso online com classe e didática :)

    https://www.youtube.com/watch?v=vy-cS1bcuNU

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, obrigada! Fico feliz que tenha gostado <3

      Excluir

Seja bem vindo (a)!
É muito gratificante ter sua opinião registrada aqui!
Deixe o link de suas redes sociais para que eu possa retribuir seu comentário. Todos os comentários são devolvidos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...