quinta-feira, 30 de junho de 2016

Mister Rococo e a questão, mudar por causa de homem?


As conversas no Lolichat Nacional sempre são bem legais, e ontem enquanto falávamos de anime, lembrei de uma foto que vivia circulando nas timelines lolita, e por ficar curiosa fui perguntar para as meninas. A Yume me ajudou, e achei finalmente do que se tratava: Mister Rococo!

Mister Rococo é um curta (curtinho mesmo, 14 minutos) sobre uma menina chamada Yuri (Aimi Satsukawa) uma lolita que desde pequena está acostumada a ser, digamos, mimada pelos pais com apenas coisas fofinhas. Ela conhece então Hiro e por ele ser muito fofinho (na concepção dela, porque olha...) eles acabam namorando. Porém, subitamente, Hiro "muda", e termina com Yuri, bem no meio da loja da Baby, the Stars Shine Bright!

(Alerta! Assista o vídeo primeiro que depois vem spoiler! Já vou deixar o filme aí no jeito pra você assistir, só clicar. Se quiser maior clica aí em expandir a tela no menu do vídeo que você não sai dessa página e ele fica em tela cheia)
Diz ele que gosta de garotas fortes, e pede desculpas para Yuri enquanto ela está no provador, saindo correndo da loja. Yuri sai correndo do provador, com o vestido da loja, e sem pagar sai correndo por aí, seguida pela atendente da Baby, bem bizarro.

Yuri depois descobre que Hiro está com uma garota que é lutadora, e os dois são meio que um casal. Assim, ela decide treinar e ficar mais forte para meio que dar a volta por cima.

Lolita tomando Whey, me senti representada. E maaano, eu tenho um moletom da ap parecido com esse.
No final, usam um ator bem bombado mascarado pra dizer que é ela (desculpa eu acabar com a magia do negócio) e a luta dela com a menina é bem bizarra, no fim tendo ela ganhando de forma meio estranha e indo abraçar o Hiro.

Eu gostei do filme até o meio. Ele segue meio o tema de Kamikaze Girls (Shimotsuma Monogatari), e também tem uma temática com a Baby the Stars Shine Bright que encanta a nós lolitas. Porém não acho certo para meus valores mudar por causa de homem. Se ela sentiu a necessidade de se transformar em alguém mais forte e provar pra si mesma que conseguia era uma coisa, agora, abraçar ele toda amorosa no final é pra ter no mínimo uma raiva. Era pra ela ter sentado a mão no Hiro que a estava meio que "enganando", fingindo gostar dela, não na menina que não tinha nada a ver. Mas enfim.

EDIT: Conversando com a Carolina Lopes no JP Fashion blogs, ela me deu uma nova perspectiva para ver essa questão, já que isso varia bastante de pessoa pra pessoa e ninguém é totalmente blindado com relação aos sentimentos, além do final ter ficado bem vago. E pode ser que o Hiro tenha sido apenas o estopim para a mudança dela, que gostava de tudo fofo e odiava coisas que ela achava que não eram fofas, para perceber que essas coisas não fofas podem ser bem legais também.

Mas que eu socaria o Hiro, socaria sim hahaha.

O que vocês acharam desse curta? Seria legal se houvessem mais filmes nos representando, não é?

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Comportamento Lolita - Isso Existe?

Kamikaze Girls
AVISO - Este post contém treta, muita treta, mas nem vem tretar nos comentários, hein!

(EDIT: deixando bem claro que estou falando dos comentários que vi nas timelines, não sobre o vídeo)

Recentemente houve uma pseudo treta na comunidade acerca de um vídeo. Nem vou me adentrar muito nisso daqui porque se você faz parte da comunidade sabe, e se não sabe sorte a sua. Enfim. Mas aí veio aquele assuntinho chato que quem é mais da velha escola lembra: o comportamento lolita. E é claro que eu tinha que dar meu pitaco.
Como sempre, gostaria de lembrar que não sou deus ou *insira uma entidade maior em que você acredita* e que não, essas palavras não estão gravadas em pedra. Faça o que você quiser.
Aliás, aproveitando o "faça o que você quiser", é bem isso o resumão do post: faça o que você quiser.
Lolita é nada mais nada menos que uma moda, são fucking roupas. E mesmo que um estranho espere que você seja super doce e meiga com ele por estar com quilos de anáguas e babados rosas, lembre-se: ninguém é obrigada.
Obrigada, Paola.
"MAS TIA AIKO AS LOLITAS SÃO MÁS E NÃO SEI O QUÊ". Gente, lolitas são gente. Lolita pode ser sua vizinha, sua tia, sua melhor amiga que você ama de paixão, aquela pessoa que você não suporta... se a pessoa se vestir corretamente no estilo. Vestiu corretamente é lolita, independente da classe social, se é de esquerda, direita, centro... É lolita do mesmo jeito.

Uma questão que me chamou bastante a atenção foi justamente as pessoas que defendiam o famigerado comportamento lolita o definirem como sinônimo de educação. Não. Comportamento lolita é super diferente de educação. Isso porque um comportamento lolita non ecziste. Educação sim, e vem de casa. Você pode defender que x pessoa é mal educada, não generalizar que lolitas são mal educadas. Há pessoas e pessoas, cada uma com uma educação diferente. E acredite, ninguém vai mudar essa educação por estar em um quilo de burando. 

Por outro lado, temos o Lolita Lifestyle, que nada mais é do que adicionar mais coisas lolita à sua vida diária. O lifestyle não é obrigação de uma lolita, adere quem quer. Eu mesma sou uma lifestyler, mas o conceito de lifestyle varia muito de pessoa pra pessoa. Eu por exemplo, gosto de costurar roupas lolita, deixar minhas coisas o máximo possível lolita... enfim. Mas só porque sou lolita e você também é, você não é obrigada a fazer isso. 

Alguns defendiam que esse é o comportamento digamos original do estilo. Não concordo muito com isso. Esse é o comportamento do POVO JAPONÊS, independente de ser lolita ou não. Sobre esse comportamento peculiar, podemos citar Otto Bauer, que em sua obra "A Nação", descreve o caráter nacional como "[...]a totalidade das características físicas e mentais que são peculiares a uma nação, que unem seus membros e os separam de outras nações [...]". Versa Bauer que:

"Parte do caráter nacional é, certamente, a determinação diferencial da vontade. Em qualquer processo de aprendizagem, a vontade se expressa como atenção, que seleciona da massa dos fenômenos experimentados apenas alguns e percebe somente esses. Expressa-se ainda mais diretamente, contudo, em qualquer decisão: um alemão e um inglês agem de modos diferentes numa mesma situação; lidam diferentemente com um mesmo trabalho; na busca do lazer. escolhem prazeres diferentes; quando são igualmente abastados, preferem estilos de vida diferentes e satisfazem diferentes necessidades - essa e, por certo, a essência do caráter nacional". (grifo nosso)

Concordo no ponto em que as lolitas japonesas podem ter um certo padrão de comportamento, mas jamais que isso seja algo estrito do estilo. É algo inerente ao Japonês. E assim como tem brasileiro mal educado, tem japonês que é também. Japonês que pratica bullying (o chamado ijime), japonês chato, que você não suporta, do mesmo jeitinho que no Brasil. Se duvida, tem algumas matérias sobre o Japão e seu Bullying que leva à morte todos os anos muitos estudantes no começo das aulas:

http://www.japaoemfoco.com/ijime-maus-tratos-nas-escolas-do-japao/

http://connexion.tokyo/aqui-no-japao-ha-ijime-sim-bullying/

Achei bem pertinente uma parte desse post seguinte: "O sistema educacional japonês (disso eu posso falar com propriedade, pois trabalhei dentro das escolas japonesas por vários anos), incentiva a coletividade e não a individualidade. Todos devem ser e se portar da mesma forma."
Frise-se aqui o "sistema educacional japonês". Não é só as meninas que usam lolita, é toda uma sociedade. Ou seja, não é exclusivo do estilo.

https://tabibitosoul.com/2013/06/25/o-japao-e-a-cultura-do-bullying-ijime/

Voltando ao quesito educação, acho que isso é essencial. Mas não a educação do tipo carregar livros na cabeça, ou whatever. Respeito, it's all about respeito. Aquela frasezinha chata, de que seu direito termina onde começa o do outro, entende. E nisso a pessoa pode fazer o que quiser da vida dela: sentar com perna aberta de burando, beber litros de cerveja, gritar, dançar, enfim, desde que não esteja prejudicando ninguém.

Espero que isso seja de alguma ajuda. E para finalizar, peguei um pedacinho da tradução que a Ichigo fez do Novala Takemoto, onde ele diz:

"Lolita não reconhece nenhuma autoridade. Elas seguem apenas os valores que escolheram para si mesmas, apesar do que qualquer outra pessoa possa dizer."

Quarto Novo


Olá, pessoal!
Esses dias realizei um sonho antigo: ter um quarto rosa!
Não foi muito difícil deixar ele assim. Uma vez reformado, só pintamos de rosa e enfiei os montes de cacarecos bonitinhos colecionados ao longo dos anos.
Ele virou o lugar preferido da minha gatinha Catarina.




Espero que tenham gostado!

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Customização: Notebook



Os dias em casa tem me feito conseguir realizar coisas que almejava a bastante tempo.
Uma delas foi a customização do meu notebook, o qual coitado, estava acompanhando o clima de militância aqui na faculdade.
s o c o r r o
Acabei fazendo a besteira de colar esses adesivos. Nada demais com os adesivos, só que a escolha do lugar em que colar foi realmente infeliz. Pra tirar foi um terror.
Uma vez limpo, pude aplicar um contact rosa e adesivos que recebi do Rilakkuma (e que oportunamente farei um feedback no blog).

O bom é que o contact se for necessário tirar não vai dar nem um por cento do trabalho que deu de tirar aqueles adesivos, além de tecnicamente dar uma protegida na tampa e ficar fofinho.

terça-feira, 14 de junho de 2016

Feedback Jéssica Alencar e Review Meias de Gatinho / meias rendadas


Hoje consegui voltar para casa e minha surpresa quando encontrei vários pacotes me esperando. No entanto, vou fazer um feedback de cada vez. Assim, hoje teremos o feedback da Jéssica Alencar.

Bom, comprei com ela via Lolita Sales Brasil (Facebook) uma meia rosa de gatinhos e uma meia bege. Estavam com um preço ótimo!
Como eu ia para São Paulo, combinei com ela para quando fosse ir buscar no metrô com ela. Assim, ela guardou pra mim até eu poder ir pra SP. No entanto, como surgiu um compromisso da bolsa de última hora justamente no dia que eu ia, acabei não podendo ir. Destarte, pedi a ela que me enviasse.
Ela teve um pequeno contratempo e atrasou um pouco para enviar, e quando enviou, o fez por sedex e mandou um brinde como agradecimento. Não achei que tenha demorado pra enviar, muito pelo contrário, ela foi super atenciosa e me avisou sempre do andamento da compra.
Quando chegou (e eu abri só hoje), veio muito bem embalado. Abrindo a caixa, você se depara com esse embrulho hiper mega fofo:


As meias de gatinho foram compradas pensando em um vestido que tenho da ap, que é offwhite com pequenas rosas e detalhes em azul  e babados, laços e rendas em cor rosa. Ficou bom.


A estampa das duas pernas é de um gato diferente em cada uma. Atrás dos joelhos tem uma estampa de crucifixo.


 No caso da bege, ela tem cor de band-aid, um bege bem mais escuro. Que mesmo assim ficou lindo com o vestido.


E finalmente, o lindo colar que ela me mandou de brinde!
Sobre as meias, elas ficaram lindas nas pernas. Eu tenho digamos as pernas um tanto quanto finas (não chega a ser a Olívia Palito mas são razoavelmente finas), então mesmo a meia de gatinho a estampa ficou ótima quando vestida. Em especial o material da de gatinhos é fino porém muito macio. O único problema é que não estica muito, então pessoas com mais quadril e pernas mais grossas correm o risco de não servir.

Sobre a vendedora, é super recomendada! Foi muito atenciosa e me respondeu todas as dúvidas, mandou fotos de diversos ângulos das meias, além de guardar elas pra mim até eu poder pegar e também avisar sobre todo o processo de compra! Ela tem mais coisas na sales, então se tiverem oportunidade, comprem com ela!

Espero que tenham gostado do post, depois tem mais feedbacks!

sábado, 4 de junho de 2016

Tutorial (super fácil) - lolificando seu Gmail!

Bom dia, traseiros rendados. Feliz Loliday!
Como estou organizando minhas coisas, gosto sempre de dar aquele toque lolita. E hoje aproveitei pra postar um tutorial bem vagabundo pra deixar seu e-mail mais fofinho.
Então vamos lá.
Peguei do Lolita Humor, mas não faço ideia de qual filme ou whatever seja.


1)Escolha uma imagem lolita que você goste. Grande, faz favor. Tem que ser bem grande pra ocupar a tela toda. Uns 800x400 mais ou menos (quanto maior for, melhor a qualidade).

2) Entre na sua conta do Gmail e clique na engrenagem no canto direito. Vai ter o menu temas, clique nele.

3) Aparecerá a guia temas. Clique em minhas fotos.

4) Na janela que aparecerá, clique em fazer upload de foto.

5) Espere a foto carregar e clique em salvar. Pronto! Você agora tem um gmail lolificado, haha.


Espero que tenham gostado, até a próxima!